Estou Grávida! Quando Começar a Pensar na Decoração do Quarto de Bebê?

Estou Grávida! Quando Começar a Pensar na Decoração do Quarto de Bebê?


Assim que descobrimos a gestação somos invadidas por diferentes sentimentos e começa um período de muitas transformações. Saber lidar com todas as descobertas não é fácil! Então para que as grávidas se sintam amparadas, a partir da minha experiência de arquiteta de quartos infantis e mamãe recente, pensei em responder a dúvida mais comum: em que momento devemos pensar no quarto? Por onde começar?

Como é comum para a maioria das mulheres eu também tive muita dificuldade em escolher qualquer coisa nesse período  e acabei postergando muitas definições. Não pensem que o fato de ser arquiteta e trabalhar com isso facilitou a definição do quarto do bebê! Na realidade eu acabei seguindo o mesmo planejamento que uso com os nossos clientes,  que ajuda os futuros papais a compreenderem as necessidades do ambiente e principalmente quando começar as compras.

Quando Começar a Pensar na Decoração do Quarto de Bebê_

A maneira mais fácil de nos organizarmos é pensarmos do final para o começo. O ideal é termos o quarto pronto e completo por volta da 34° semana – metade do oitavo mês de gestação. Parece cedo mas não é, assim a mamãe fica segura contra eventuais imprevistos de nascimento e aguarda o final de gestação sem stress.

O começo da gestação pode ser um período bem tenso para algumas mulheres com muito mal-estar. Então antes do primeiro ultrassom morfológico e da confirmação do sexo não devemos nos preocupar em adquirir muitos itens. O primeiro trimestre pode ser utilizado para pesquisa e conhecimento de tendências, estilos de decoração, lojas e marcas infantis. Também é o momento ideal para escolher o profissional e as empresas que ajudarão os pais na decoração e planejamento do espaço – são diversos profissionais, sites e blogs que possuem boas dicas. Não esqueça que o Codecorar Petite faz exatamente essa assessoria de planejamento do espaço – entre em contato !

Para não perder tempo escolhendo referências que não são passíveis de execução no seu espaço, o primeiro passo é definir o ambiente que irá abrigar o quarto do bebê. Faça a medição de todo espaço disponível (além das paredes, meça armários, janelas, portas e os móveis existentes que poderão vir a ser utilizados). Em seguida, escolha e defina o mobiliário. Procure móveis de tamanho compatível com o ambiente e que possam ir além da decoração de um quarto infantil – a poltrona utilizada para amamentação pode ter um desenho bonito e ser aproveitada posteriormente em outro ambiente da casa, o mesmo vale para a mesa de apoio e luminárias. A cômoda pode ser essencial para a troca nos primeiros meses do bebê, mas caso você não precise das gavetas para armazenamento é um item que pode ter a compra repensada.

Uma boa solução para visualizar todas referências salvas é criar um mood board, um painel de inspirações e observar se todas as ideias juntas combinam. Um local interessante para organizar essa busca é o Pinterest, uma rede social (com aplicativo para celular) que permite que você crie pastas nos seus temas preferidos, salve e compartilhe links, referências e imagens. Siga nosso perfil e comece seu painel!

Mint Chocolate Chip -Baby Nursery

Já conhecemos o sexo do bebê, o estilo da decoração que pensamos utilizar e o mobiliário definidos. Para não extrapolar o orçamento previsto devemos listar as prioridades de compra e definir em quais itens devemos investir. Lembrando que quanto mais sofisticado o projeto, mais tempo será necessário para execução e maior será o total gasto. Sozinhos ou com assessoriapor volta do 5° mês ou 22° semana de gestação é hora de começar a decoração do quarto efetivamente! 

Para o Codecorar o importante é o espaço estar apto às necessidades do novo integrante e ter o estilo da família. Acreditamos que não existe mais estilo, regras e itens obrigatórios na definição de layout e decoração de um quarto de bebê. Essencial é observar as normas de segurança e o ambiente ser um reflexo do estilo dos pais!

Tenha em mente que os móveis, bem como marcenarias personalizadas, costumam ter prazos longos para entrega – em torno de dois meses (45 a 60 dias). É hora também de contratar e iniciar as reformas ou adaptações estruturais (como mudança de tomadas e interruptores), pinturas, instalação de papel de parede e outros serviços específicos.

Com os itens estruturais e essenciais providenciados é hora de fazer as encomendas de enxoval, quadros, kit de higiene e outros acessórios decorativos – você terá os próximos 40 dias para resolver isso. E também adquirir outros supérfluos, como mimos e lembrancinhas de boas-vindas ao bebê. A gestante deve estar acabando o segundo trimestre e andar por lojas deve estar cada vez mais cansativo, portanto tente encomendar o máximo em lojas on-line.

Na medida que as encomendas começam a chegar, por do 7° mês de gestação o ambiente vai ganhando forma e a personalidade do novo morador da casa. Com todas as compras feitas e o mobiliário entregue, planeje e agende um dia para fazer a montagem final do quarto. Estamos próximos do nosso prazo final e você pode utilizar o quarto como cenário para as fotos finais da sua gestação e a partir daí começar a desacelerar, curtir os detalhes do ambiente e aguardar o grande dia!

No Comment

Comments are closed here.

%d blogueiros gostam disto: